sábado, 19 de setembro de 2009

Estranho, eu?



A poucos dias, um colega meu de serviço me olhou durante café e disse que eu sou estranho.

Ele, segundo ele mesmo, já "cruzou" com uma casa de dois andares [não me pergute como], com um rolo de papel higiênico, e outras coisas que prefiro não comentar. Veio do Paraná para o Rio Grande do Sul, sem conhecer ninguém e nem tendo algum emprego em vista. Se declarou para uma mulher, levou um fora federal e se casou com a amiga dela. Trabalhou contrabandeando mercadorias do Paraguai, e parou de estudar no ensino médio.

E um cara desses me chama de estranho...

Que fim de carreira...

[to precisando de outro emprego]

11 comentários ébrios:

SO.L. disse...

Vou falar um negócio sério, aqui.

Tu é estranho.

Marconi disse...

^^

O adjetivo muda de significado dependendo de onde foi dirigida...

O prblema é quando vem d'um cara como aquele...

De ti acho [acho] que é quase um elogio até...

Menos disse...

Em outras palavras: tu foi chamada de aberração, Na'.

Marconi disse...

não invente baboseiras Menos...

eu não disse nem quis dizer nada disso...

Drikah ;] disse...

Vocês dois estão com algum problema? gente, que coisa estranha...

mnçlbvmnçvlmnçvmn :x

Marconi disse...

Ele decidiu ser meu inimigo, e agora se empolgou...

^^

Drikah ;] disse...

Juro que vou ver essa 'birra' de camarote :D

auehauehauehauehaueha
divirtam-se!

Marconi disse...

inimigo no bom sentido da palavra...

eu acho [acho]

Drikah ;] disse...

hehehehe...

[entenda essa risada como quiser.]

Marconi disse...

Entendo como alegria...

ou será... ou será que você se juntou a ele e agora tenho dois inimigos???

/o\

Ohh, nooo...

É motim no pub [peraí, motim é em navegações...]...
É, é, é, o mesmo que motim mais virtual e terrestre...

Ohh, shit...

/o\
quem poderá me ajudar?

Menos disse...

Nossos inimigos, talvez?