quarta-feira, 14 de abril de 2010

Dicas do tio Marconi - Comportamento

Tio Marconi dando uma passado por aqui.

Meus caros, vou relatar um acontecimento de hoje.
Estava eu em minhas andanças, idas e voltas à universidade, dia corrido. Quando, enquanto esperava na parada [ou ponto, como preferir] para minha última viagem de volta ao câmpus, vi dois casais parando próximos ao relevo da parada. Meninas baixinhas e rapazes [?] emos.
Well, lá estavam eles se beijando e acariciando com apertões nas nádegas [ou bundas, como preferir], até aí tudo bem, tio Marconi não dá bola, já vez isso também, se você não se importa com o olhar torto dos mais velhos ali presentes, divirta-se.
Mas o tio aqui ainda assim tem algum senso de dignidade, valores, príncipios e blá blá blá [whiskas sache]. Quando vi um dos rapazes levando a mão da moça até sua região pubiana, mesmo que por cima das calças, já não me desceu pela garganta. Quando então ele põe as mãos dela dentro de suas calças então, não resisti.
Vi meu ônibus vindo, e no tempo que tive falei: "Abre as calças que fica mais fácil."
Silêncio mórbido, olham todos na parada para mim, seguem o meu olhar, e todos veem o casal [porque a essa altura o casal de amigos já tinha se mandado dali como gesto de extremo companheirismo]. Ela, no momento não sabia onde enfiar a cara, e ele ficou atônito.
Feito isso, subi no ônibus e me fui.

Então meus caros, agarrem, apertem, beijem, mas mantenham a decência, tio Marconi pode estar por perto.

2 comentários ébrios:

Zzz disse...

Hahhahahaa, sensacional...

Frodo disse...

Certeza que se abaixar as calças fica mais fácil. Certeza.