quinta-feira, 21 de junho de 2012

E não era o vento à bater na porta.

E então, é sempre sobre o tempo. Não é?
Deus, lorde, seja lá o que for. Sempre o tempo.
O tiro na culatra, o lobo mal.
The bad wolf.
O tempo sem fim que já acabou.

1 comentários ébrios:

M!sunderstood disse...

Será que já acabou...Ou será que mal começou?