quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Por que não?

Andar descalço pela rua a pé
Por que não?
Gritar bem alto tudo aquilo que eu quiser
Me libertar de regras e acontecer
Porque eu não quero limites pra viver...

Caminhando a favor ou contra o vento
Vou fazer o que me der no pensamento
Decidido a não mudar o que eu sou
Ter a vida liberada como for...

Eu posso até me distrair
Estar a um passo de errar
Mas quero ser livre e chegou a hora de tentar!

Autor desconhecido

1 comentários ébrios:

SO.L. disse...

Sim, era disso aí que eu estava falando, cara